domingo, 3 de junho de 2012

Contrato assinado...e...após uma semana...

Salut :)

Como eu disse que voltaria após uma semana de trabalho para falar um pouquinho das primeiras impressões sobre o hospital que eu "escolhi" para trabalhar, aqui estou eu. Queria ter postado ontem, mas tinha umas coisinhas a fazer, churrasco de aniversário de uma amiga... não podia faltar, né?

Fomos muito bem recebidos no hospital, com café da manhã, suco, muffins
HUMMMMMMMMM!!!!!

Então, fizemos treinamento toda a semana passada (de segunda a sexta) de 8h às 16h.  Como não podia ser diferente dos outros lugares, começaram nos falando da missão e dos valores do hospital. Tivemos uma pincelada de tudo:

*code blue (o código mais importante, dado por um enfermeiro que falava "pra ele mesmo" e que, fora as 5 pessoas da primeira fila, ninguém mais escutou!), code blanc (não insignificante, mas, menos importante que o azul, dado por uma enfermeira ótima, que sabe passar o assunto).  Quando algum problema acontece, eles anunciam o código pelo sistema de som e todos os funcionários sabem que atitude tomar.

Vimos também pinceladas sobre queda de pacientes, prevenção e controle de infecções, exame físico e pulmonar, úlceras de pressão, protocolo de opiácios, notas de enfermagem, etc. Para mim, que vou trabalhar com a geriatria ativa (trabalha a autonomia do paciente idoso que está quase saindo de alta), tivemos um dia extra sobre demências, processo de envelhecimento, voltado mesmo para a geriatria.

Recebemos também os crachás e o cartão de estacionamento para funcionários que irá custar 1 dólar e 50 cents por dia de trabalho (no primeiro dia). Assinamos também os seguros: saúde, dentária e medicamentosa). Seguros obrigatórios! Fiquei passada, visto que já temos a assurance maladie du Québec!!! Terminamos a semana  com a visita nas unidades, na sexta-feira. Tem gente que segunda já entra direto no trabalho, ficando por 45 dias lado a lado de uma enfermeira destinada para acompanhar a novata. Esses 45 dias são de  experiência. Após, contrato definitivo ou... ruaaaa!!! rsrs

Como o hospital Lakeshore é um hospital anglófono reconhecido como sendo o único 100% bilíngue, eles ainda oferecem 3 semanas de inglês técnico hospitalar ou de francês, para dar um "up" na língua "mais fraca"do pessoal. Eu, como tenho um  inglês quase zero, entrei nessa :). Então, nas próximas 3 semanas, fico nas aulinhas de inglês :)

Primeira impressão? Ótima! Boa acolhida, gente que "olha na cara da gente"... e... eles estão precisando... e muito. A encarregada do recursos humanos nos disse "...restez avec nous, svp, ne laissez pas la distance vous intimider parce que vous irez aimer travailler ici..."

Gostei muito também da cidade, Pointe Claire. Todos dizem que o lado anglófono da ilha de Montréal  é mais bonito, mais rico e melhor para trabalhar. Veremos :)
A cidade é limpa, organizada, moderna. E pequena, rsrs, com uma população estimada em 30.790 habitantes. O asfalto é bem melhor que o de Montréal.


Hospital Lakeshore

Ponto negativo? A rodovia que liga Montréal a Pointe Claire, que realmente pára, o dia inteiro, por causa das obras. Normalmente levaria 28 minutos para fazer o trajeto. Com as obras, levo exatamente 1 hora para ir! Para voltar, se for preciso ir até o centro de Montréal o tempo fica entre 1h30 e 2h30, dependendo como está o Centre Ville (isso dá até vontade de desistir). A cada dia tem mil acontecimentos por aqui e, juntando com as intermináveis obras, desvios, ruas barradas, etc, deixa o trânsito parado.

Mas é bom ter calma e paciência. Avaliar melhor a cidade, as escolas, principalmente as primárias (no meu caso, com dois filhotes), os parques (sim, porque temos que nos desestressar nos fins de semana *em que eu não estiver de plantão*, rs),  esperar passar uns 6 ou 8 meses, de repente rola até uma mudancinha :)

Bom, jornal escrito. Tenham uma ótima semana. E aguardem as próximas notícias.

Abraços.
Lu

12 comentários:

la vie est belle dans la belle province disse...

realmente se for trabalhar la, é melhor morar morar la mesmo!

acabei de postar o link da minha entrevista no programa Parati, disse que devemos ser umas 50 enfermeiras brasileiras (em todas as fases do processo). Acho que nao exagerei, nao rs

sucesso pra vc

Manuela Zaccara disse...

O seguro maladie é obrigatorio pq a lei da RAMQ obriga vc a aderir ao seguro privado se vc tiver acesso a ele. Nao esqueça de informar a RAMQ que vc agora tem o seguro maladie privado. É vc quem tem que fazer a mudança do status (faz pelo site da RAMQ). Trabalhei 1 ano numa seguradora justamente na gestao de seguro coletivo, entao aprendi algumas coisinhas sobre o assunto :)

Anônimo disse...

Lucinei, bom dia.

Como seria o mercado em Quebec para enfermeiros sem experiência assistencial? Com a experiencia de eságios, duas pos graduações (cardiologia e emergencia) e trabalho atual em pesquisa, vc acha que se fizer o curso da ordem aí da pra sair empregada, mesmo sem experiência em assistência? Meu esposo é funcionário público (goiania) e temos uma historia parecida com a de vcs... Você poderia enviar seu e-mail ou im de contato para danicsenf@yahoo.com.br?

Abraços,

Daniela

Anônimo disse...

Estágios que me referi foram da faculdade a 6 anos atrás... Parabéns pelo blog e pelas conquistas!

Daniela

Lucinei disse...

Gabi, t bem?

Então..guerra avisada não mata adversário, né? rsrs Eu sabia que era longe...rsrs

Não tem como não chingar essa autorota parada!!! É demais!!! Não importa a hora do dia!

Mas, sou zen :) isso não pode me afetar (ou pode?)rsrs

Bjs. Boa sorte para você na nova jornada. IPS. Parabéns!

Lucinei disse...

Manuela :) obrigada pela dica.
Só espero que na hora da doença esses seguros façam a diferença. Que o atendimento seja mais rápido.

Abraços

Lucinei disse...

Daniela, t bem?

Então, não acho que você possa encontrar dificuldades para arrumar emprego não. O curso de integração oferecido pelos Cégeps são bons (com poucas diferenças entre eles).

Na minha turma tinha algumas pessoas que estavam paradas há algum tempo, ou estavam trabalhando na área administrativa mas, com os laboratórios e os estágios, acabararm pegando de novo o jeito nurce :) de ser.

Agora, pós graduação não conta muito para a ordem não.

Você não teria como arrumar um emprego na área para ter um pouco de experiência quando vir? Se tiver tempo (e saco), acho que seria uma boa idéia :)

Abraços. Boa sorte

Marciorama disse...

Lucinei,
Que bom que tem boas impressões no trabalho.Saibas que este é um dos meus maiores receios em imigrar em ter dificuldades na integração, no mercado de trabalho quebequense.

Abraços e boa sorte.

Lucinei disse...

:) Integração é um processo lento...mas, em geral, a pessoa que imigra já tem a mente aberta. Isso só facilita :)

Fica tranquila. Bom fim de semana

Alexander, Denize e família. disse...

Oi Lucinei,
Sou enfermeira aqui em Fortaleza e estou entrando no Processo de Quebec agora.
Estou seguindo seu blog e adorei todas as informações que vc nos dá!!!
Estou estudando frances, ja fiz o TCFQ para o processo, e estamos só aguardando os resultados para darmos entrada...acredito que na promeira semana se dezembro.
Mas como falo ingles fluente, penso que seria um pouco mais rápido e mais fácil, estudar no CEGÉP JOHN ABBOTT...o que vc acha?! E em relação a moradia, estou pesquisando os bairros próximos a esse CEGÉP...Sainte-Anne-de-Bellevue, Pointe Claire...talvez Verdun, Ile-des-Soeurs...será que vc poderia me ajudar, me dizendo qual omelhor lugar para morar?! A proposito, tenho 3 filhos (1 ano e 7 meses, 3 anos e 12 anos - são as idades deles), e vou precisar de escola de segundo grau e garderie próximos a minha moradia! Obrigada! bjs

Alexander, Denize e família. disse...

Oi Lucinei,
Sou enfermeira aqui em Fortaleza/CE e estamos aguardando os resultados dos TCFQs (meu e do meu esposo) para darmos inicio ao Processo Federal...na primeira semana de dezembro, provavelmente!
Estou acompanhando seu blog e estou adorando as informações que vc nos passa através dele!
Estou pensando em fazer minha integração de enfermagem (tão logo seja possível) no CEGÉP JOHN ABBOTT, pois falo ingles fluente, e penso que poderia ser um pouco mais rápido do eu se eu fizer em um CEGÉp em francês...vc conhece alguém que estude lá, para eu pegar mais infoemações?!
Por causa disso,estou pesquisando moradia nas proximidades de Sainte-Anne-de-Bellevue, Pointe Claire,...Verdun, Île-des-Soeurs...voce pode me dar maiores informações sobre esses lugares?!
À propósito, tenho filhos (idades: 1 ano e 7 meses, 3 anos e meio e 12 anos) e preciso de escola secundária e garderie próximas a moradia. Vc saberia falar quais sao as melhores escolas secundárias?! Vi que vc tem dois garotinhos e poderia me falar sobre as escolas deles!!!
Agradeço desde já sua ajuda!!!
Segue meu e-mail para facilitar nossa comunicação: denaguima@hotmail.com
Bjs

Lucinei disse...

Alexander e Denize!!! Desculpem a demora para responder a vocês!
Tudo bem?

Então. Realmente, se você fala inglês fluente acho melhor mesmo ir para o John Abbott, senão, você perderá muito tempo para afiar o francês a ponto de acompanhar bem as aulas no cégep. Vou ver se encontro alguém que estudou lá para t passar o contato.
Sobre endereços para morar...o cégep John Abbott fica em Sainte-Anne-de-Bellevue, que é realmente muito longe do centro de Montréal, isso se você for fazer idas e vindas todos os dias. Mas, se você resolver botar os filhos na escola por lá mesmo, estudar francês por lá, etc, ficaria perfeito. O lugar é muito bom, eu conheço de perto, é tranquilo, é uma cidadezinha bem distante do centre-ville, mas com tudo que você precisa por perto, tipo, mercados, etc. Pointe Claire é o ponto mais perto do cégep, já Verdun et Ile-des-Soeurs realmente fica bem longe. Eu moro em Ile-des-Soeurs e ia trabalhar em Pointe Claire...ufa que é chato para se ir e vir mais que uma vez por semana! Meus filhos estudam escolas separadas por motivos técnicos :) o de 5 anos estuda em Verdun e o de 7 estuda na escola de Ile-des-Soeurs. Mas, se você for morar pros lados de Pointe Claire e Sainte-Anne-de-Bellevue, com certeza lá também tem escolas secundárias e primárias. E boas. Porém, não as conheço para te dizer mais detalhadamente.

Espero ter esclarecido alguma coisa, rsrs

Bjs e boa sorte p vcs.
Lu